18 de abr de 2014

Sobre o que o mundo esta se tornando

Sobre a campanha "Eu não mereço ser estuprada" e a menina que apanhou por ser bonita.

  Creio que a pior parte de trabalhar com a internet é saber o que esta ocorrendo com o mundo 24 horas. Quem me conhece sabe que eu odeio assistir jornais (justamente para não ouvir tragédias), odeio ouvir coisas de pessoas de não sabem ao menos o que falam. Mas acredito que isso faz parte da vida, e temos que aprender a lidar com isso.

 Durante as ultimas duas semanas li algo que me chocou, homens estuprando mulheres no transporte publico? Lendo isto fico pensando: A que ponto a população chegou? Pessoas jugando as outras pelas roupas que usam. Acredito que a mulher (assim como o homem) tem o direito de usar a roupa que a convém e por conta disso ela não merece ser estuprada, como também acredito que a maioria das pessoas que responderam a esta enquete são homens, no qual tem a mente é extremamente pequena e procuram montar um mundo extremamente machista.

  Dias depois ouvi a seguinte noticia: Menina apanha por ser bonita, confesso que precisei ler o titulo mais de 4 vezes para ver se não era alguma pegadinha, a garota de 15 anos sofreu agressão física simplesmente por "ostentar" sua beleza, e o mais revoltante é que a jovem que apanhou foi expulsa da escola e ela esta com medo de voltar a estudar. Ai eu me pergunto: População, a que ponto chegamos? Isso tudo ainda pode piorar?

 São dois casos completamente diferentes mais ao mesmo tempo tão iguais. Quem seria errado nisso? A mídia que impõe um certo padrão de beleza na população, os familiares que não souberam dar a devida educação para seus filhos, os envolvidos que mantem um sentimento nada nobre chamado inveja, ou a cabeça nada racional de algumas pessoas que não conseguem respeitar o próximo?

 Estou falando isso justamente por que sou adolescente e acredito que temos que conversar sobre este tema abertamente. Pra que tanto ódio pelo o que é diferente? Por que o Bullying esta se espalhando rapidamente pela a população? O que leva alguém a fazer isto? Acho que esse sentimento não seria muito diferente ao preconceito contra gays/lesbicas ou negros. Ninguém é igual a ninguém. Só que poucos sabem lidar com isso.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...